10ª sessão quando chove a cântaros

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Admin em Ter Abr 09, 2013 7:36 am

Pesquisa na internet sobre Glória Kirinus e o livro:

Admin
Admin

Mensagens : 37
Data de inscrição : 03/04/2012

Ver perfil do usuário http://pesquisaepoesia.ativoforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Leticia Gomes em Ter Abr 09, 2013 7:42 am


Português- Bilíngües - Teóricos

O que seria do escritor sem o leitor?
Que ele me amplie e seja também a minha surpresa. Nos livros publicados devolvo as palavras do outro que atrevidamente capturo no silêncio e no entretempo. É meu jeito de dizer, de outra maneira, a palavra fraternidade. Meus livros estão aí. Alguns em português, outros bilíngües. Alguns em prosa, outros em verso.Alguns teóricos. Muitos literários. Podem ser lidos por crianças, adolescentes e adultos.
Encontro meus leitores nas livrarias, bibliotecas, seminários, cursos, oficinas, salas de aula, auditórios, congressos e demais eventos sobre leitura, em Curitiba e no Brasil.
Sei que um dia os encontrarei também na rua, nas bancas de jornais, no ponto de ônibus, nas praças, bares e mercados.
I love you

Leticia Gomes

Mensagens : 19
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Anderson Gabriel em Ter Abr 09, 2013 7:52 am

Admin escreveu:Pesquisa na internet sobre Glória Kirinus e o livro:
tragédia: um banho
que o mundo recebe para lavar o corpo e a alma,
um espetáculo imenso de alegrias e pais-nossos.
Da festa nas ruas à redondeza das colinas, do canto de goteiras dentro de casa ao céu mais limpo que ninguém lembra ou desconfia, acima, além das nuvens. Lá,
quem diria, estrelas cometas planetas astros asteróides
vão se achegando do avarandado da lua para
espiar a turbulência que mergulha a terra.

Quando chove a cântaros, as ruas viram rios
e as cenas mais descabidas acontecem. Carros boiando
como os barquinhos de papel que nossa infância permitia fazer e fazíamos correr na aguaça das calçadas.

Poema narrativo de Gloria Kirinus que
passeia pelas paisagens inventadas mudando
coisas e cores de forma e função. Na calda de texto,
os encantamentos domésticos não cedem à inundação:
nos lençóis das lavadeiras, aromas de esperança
são despejados porque é preciso amaciar o tempo.
Na enxurrada, diz a poeta, raios de bicicleta
são carregados sem rumo... na ilustração,
Graça Lima deita um menino, braços abertos, no moisés
da antiga roda, os raios do aro agora iluminando a alusão.

Livro bilíngüe em português e espanhol
falando sobre a chuva, misturando a terra e o céu,
na coleção Dobrando a língua que celebra a irmandade dos povos latino-americanos. Em breve, Gloria voará céu e terra novamente, em Quando as montanhas conversam

Anderson Gabriel

Mensagens : 13
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Bianca Barbosa em Ter Abr 09, 2013 7:54 am

Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua"Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua" I love you

Bianca Barbosa

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Sobre a Autora ( Gloria Kirinos )

Mensagem  Julio Cesar em Ter Abr 09, 2013 7:55 am

Data de publicação: 07/02/2006
São Paulo, 07 de fevereiro de 2006

Quando chove a cântaros

Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua.

Gloria Kirinus criou um poema encantador sobre a chuva. Se ela, por um lado, pode ser um tormento e gerar medo e um transtorno enorme, por outro, lava a alma, abençoa as plantações e faz brotar a esperança. Quando chove tanto assim, a terra quase se mistura com o céu, e o leitor fica sabendo, com a ajuda das inusitadas imagens criadas por Graça Lima, como astros, estrelas e asteróides mil se preparam para ver o espetáculo molhado.
Eles se divertem com a confusão provocada pela inundação na cidade e com as cenas mais descabidas: gente que dança de mil jeitos, que corre à procura de baldes, que pega copos e panelas para conter o canto das goteiras, carros boiando como barcos de papel...
E, em meio a toda essa confusão, essa chuva a cântaros vai despertando sentimentos escondidos, faz brotar verdades, transborda mais vontades de vida, de mudança, de criação e, como diz a autora, dá uma chance de, diante do novo, do inusitado, acomodar o olhar. "Uma nova situação pode ser caótica, mas o imprevisível e até mesmo o conflito podem se tornar um ato criativo".
Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua. As ilustrações com ares de pintura primitivista encaixam-se com perfeição nesta produção de Glória e de Graça, que é uma aproximação de fronteiras, seja do lado cultural e lingüístico, seja de situações do cotidiano, do inusitado. "São mundos aparentemente distintos, mas que se unem numa mesma realidade latino-americana", acredita a autora.

Q

Julio Cesar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Leonardo Silva em Ter Abr 09, 2013 7:55 am

Palestras recentes no Brasil


Mil e Uma Noites: véus, rezas, amuletos e talismãs

2011 – XVI Ciclo de Estudos Sobre o Imaginário – Recife

Nome de Cidade

2011 – XVI Ciclo de Estudos Sobre o Imaginário – Recife

Segredos do Mitopoético em Guimarães Rosa

2011 – XVI Ciclo de Estudos Sobre o Imaginário – Recife

Literatura e Cotidiano

2011 – Rotary Clube de Curitiba - Norte



Outras palestras no Brasil

2008- Curso de Mestrado em Educação UEPG

Sintomas de Poesia na Infância

2008 -Núcleo de Educação de Ponta Grossa

Fiandeira das Palavras

2008 -Livraria Curitiba

Educação Poética na Pedagogia Freinet

Para atendentes de bibliotecas da Secretaria Municipal

2008 -de Educação de Curitiba

Maradigmas e Poetas na Educação

Centro de Estudos do Imaginário na América Latina

2008 - CECIAL - UFPR

A Loucura no conto “As Raias” de Horácio Quiroga

2008 - Casa da Leitura. Curitiba

A Poética da Biblioteca

2007 -Biblioteca Pública do Paraná. Curitiba

Vida de Escritor e Criação Literária

2007 - Conversa com leitores no Programa Cultural T-Bone- Brasília

O Fantástico nos contos de Horácio Quiroga

2007 - Fundação Cultural de Curitiba/

Rumor e Sintonia das Palavras

2007 -Proler/Joinville e Proler São Bento do Sul – SC

Moinhos de (In)vento

2007 -Semana de Pedagogia Iesville –Joinville - SC

II Encontro Paranaense de Literatura Infanto-Juvenil - Curitiba.PR

Quando os Poetas pensam Educação

2007 - Seminário Potiguar Prazer em Ler - Natal

Em Risco de Palavra

Livraria Midas

2007 - Evento -Prêmio Literário de Joinville

Ondas, Ondinas e Ondulações – Poesia e Arquitetura

2006 - Encontro Internacional sobre o Imaginário. Recife

Sintomas de Poesia na Infância –Poesia e Saúde

2006 -Encontro Internacional sobre o Imaginário. Recife -2006

O Sabor das Palavras

2006 - Centro de gastronomia e cultura TUDO. Curitiba – 2006

O Tecido das Palavras

2006 - Feira do Livro – Londrina – 2006



Palestras recentes no Exterior

Tiempo de Maradigmas 2011

IAEN- Quito Equador.

Metáforas e Conhecimento. 2010

RIDEF - Nantes Francia

Palabra andarilla, 2008

Huancayo Peru

Do outro lado da fronteira. 2000

IBBY - Cartagena das Índias, Colômbia

Torre de Babel -2004

RIDEF - Varenholz, Alemanha

leonardo e silva pereira lol!

Leonardo Silva

Mensagens : 18
Data de inscrição : 16/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Emanuelle de Almeida em Ter Abr 09, 2013 7:56 am

Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua"

Emanuelle de Almeida

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O preço do livro

Mensagem  Julio Cesar em Ter Abr 09, 2013 7:56 am

QUANDO CHOVE A CANTAROS - cod. 9788535629903
(2 ofertas)

Avalie e Concorra
De: R$ 13,24 até: R$ 15,48

QUANDO CHOVE A CANTAROS


CUANDO LLUEVE A CANTAROS
Formato: Livro
Autor: KIRINUS, GLORIA
Ilustrador: LIMA, GRAÇA
Idioma: PORTUGUES
Editora: PAULINAS-
Assunto: INFANTO-JUVENIS - LITERATURA INFANTIL
R$17,20

ou até 6x R$ 2,87 sem juros com cartão Livraria Cultura Itaucard e ainda ganhe 172 pontos no programa +cultura.
Comprar em 1 clique

Clique para Comprar

Julio Cesar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Julio Cesar em Ter Abr 09, 2013 8:01 am

Admin escreveu:Pesquisa na internet sobre Glória Kirinus e o livro:
Eu achei o livro '' Quando chove a cântaros '' barato, por que compare :

Minha Ilha Maravilha
Sem Avaliação
Envie sua avaliação
Comparando preço de Minha Ilha Maravilha em 4 lojas
DeR$ 26,61
AtéR$ 31,90

QUANDO CHOVE A CANTAROS - cod. 9788535629903
(2 ofertas)

Avalie e Concorra
De: R$ 13,24 até: R$ 15,48

Julio Cesar

Mensagens : 27
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Leticia Gomes em Ter Abr 09, 2013 8:01 am

O que seria do escritor sem o leitor?
Que ele me amplie e seja também a minha surpresa. Nos livros publicados devolvo as palavras do outro que atrevidamente capturo no silêncio e no entretempo. É meu jeito de dizer, de outra maneira, a palavra fraternidade. Meus livros estão aí. Alguns em português, outros bilíngües. Alguns em prosa, outros em verso.Alguns teóricos. Muitos literários. Podem ser lidos por crianças, adolescentes e adultos.
Encontro meus leitores nas livrarias, bibliotecas, seminários, cursos, oficinas, salas de aula, auditórios, congressos e demais eventos sobre leitura, em Curitiba e no Brasil.
Sei que um dia os encontrarei também na rua, nas bancas de jornais, no ponto de ônibus, nas praças, bares e mercados.

Glória Kirinus disse que os livros dela são muito famosos e eu achei interesante porque os Livros são muitos vemdidos

Leticia Gomes

Mensagens : 19
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Bianca Barbosa em Ter Abr 09, 2013 8:05 am

Bianca Barbosa escreveu:Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua"Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua" I love you
Eu pesquisei sobre a familia dela eu vi os filhos dela achei bem interesante os livros dela e as fotos. I love you

Bianca Barbosa

Mensagens : 21
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  pedro vasconcelos em Ter Abr 09, 2013 8:08 am

Sou peruana do Brasil, ou brasileira do Peru?
Sou ambas as coisas, mas acima de tudo sou palavreira de nascimento. Fiz desta cisma de palavras o meu ofício itinerante. A minha linguagem nos entretantos do tempo permanece primordialmente analógica. Daí o meu fascínio pela linguagem infantil, pela linguagem popular, pela linguagem dos poetas. Quando menina, lá no Peru, ficava na ponta dos pés para espiar do outro lado das montanhas. Agora, morando deste lado da fronteira, tento espiar o que acontece nos países vizinhos. Para dar conta desse amor continental escrevo dobrado:
de dia e de noite;
em verso e em prosa;
para adultos e para crianças;
no quente e no frio...
E claro, em português e também em espanhol.

pedro henrique lol!

pedro vasconcelos

Mensagens : 3
Data de inscrição : 25/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Emanuelle de Almeida em Ter Abr 09, 2013 8:09 am

Emanuelle de Almeida escreveu:Esse senhor de peso é o Kirinus, meu marido. Nem sei como aprendeu a sobreviver no convívio com uma poeta. Meu “muso” inspirador, um virginiano com pé na terra, não cansa de me mostrar o relógio de cinco em cinco minutos. Ah, mas também gosta de mar, como na foto que estão vendo. Lá é o sol que mostra seus ponteiros. Dedico para ele o livro "Lâmpada de Lua"
eu achei muito em teressante as coisa que ela falou sobre a vida dela tipo ela disse que fazia

Emanuelle de Almeida

Mensagens : 9
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

quando chove a cântaros

Mensagem  Yan Kaliel em Ter Abr 09, 2013 8:10 am

Quando chove a cântaros

Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua.

Gloria Kirinus criou um poema encantador sobre a chuva. Se ela, por um lado, pode ser um tormento e gerar medo e um transtorno enorme, por outro, lava a alma, abençoa as plantações e faz brotar a esperança. Quando chove tanto assim, a terra quase se mistura com o céu, e o leitor fica sabendo, com a ajuda das inusitadas imagens criadas por Graça Lima, como astros, estrelas e asteróides mil se preparam para ver o espetáculo molhado.
Eles se divertem com a confusão provocada pela inundação na cidade e com as cenas mais descabidas: gente que dança de mil jeitos, que corre à procura de baldes, que pega copos e panelas para conter o canto das goteiras, carros boiando como barcos de papel...
E, em meio a toda essa confusão, essa chuva a cântaros vai despertando sentimentos escondidos, faz brotar verdades, transborda mais vontades de vida, de mudança, de criação e, como diz a autora, dá uma chance de, diante do novo, do inusitado, acomodar o olhar. "Uma nova situação pode ser caótica, mas o imprevisível e até mesmo o conflito podem se tornar um ato criativo".
Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua. As ilustrações com ares de pintura primitivista encaixam-se com perfeição nesta produção de Glória e de Graça, que é uma aproximação de fronteiras, seja do lado cultural e lingüístico, seja de situações do cotidiano, do inusitado. "São mundos aparentemente distintos, mas que se unem numa mesma realidade latino-americana", acredita a autora.


Yan Kaliel

Mensagens : 28
Data de inscrição : 11/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Lucas Felipe em Ter Abr 09, 2013 8:12 am

Graça Lima
Ilustrador | Autor

Indique É necessário estar logado para utilizar este recurso. Acompanhe
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1958. É formada em comunicação visual pela Escola de Belas-Artes (UFRJ) e mestra pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Trabalha com design gráfico desde 1985 e já ilustrou mais de 50 livros, aqui e no exterior, muitos deles premiados. É amiga e sócia de Roger Mello e Mariana Massarani, e lançou com eles o livro Vizinho, vizinha.

Lucas Felipe

Mensagens : 7
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Yan Kaliel em Ter Abr 09, 2013 8:14 am

[quote="Yan Kaliel"]Quando chove a cântaros

Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua.

Gloria Kirinus criou um poema encantador sobre a chuva. Se ela, por um lado, pode ser um tormento e gerar medo e um transtorno enorme, por outro, lava a alma, abençoa as plantações e faz brotar a esperança. Quando chove tanto assim, a terra quase se mistura com o céu, e o leitor fica sabendo, com a ajuda das inusitadas imagens criadas por Graça Lima, como astros, estrelas e asteróides mil se preparam para ver o espetáculo molhado.
Eles se divertem com a confusão provocada pela inundação na cidade e com as cenas mais descabidas: gente que dança de mil jeitos, que corre à procura de baldes, que pega copos e panelas para conter o canto das goteiras, carros boiando como barcos de papel...
E, em meio a toda essa confusão, essa chuva a cântaros vai despertando sentimentos escondidos, faz brotar verdades, transborda mais vontades de vida, de mudança, de criação e, como diz a autora, dá uma chance de, diante do novo, do inusitado, acomodar o olhar. "Uma nova situação pode ser caótica, mas o imprevisível e até mesmo o conflito podem se tornar um ato criativo".
Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua. As ilustrações com ares de pintura primitivista encaixam-se com perfeição nesta produção de Glória e de Graça, que é uma aproximação de fronteiras, seja do lado cultural e lingüístico, seja de situações do cotidiano, do inusitado. "São mundos aparentemente distintos, mas que se unem numa mesma realidade latino-americana", acredita a autora.

eu ache muito interesante falar sobre a vida dela lol! study elephant flower afro

Yan Kaliel

Mensagens : 28
Data de inscrição : 11/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

gloria kirinus

Mensagem  Nilfran Lucas em Ter Abr 09, 2013 8:15 am

Sou peruana do Brasil, ou brasileira do Peru?
Sou ambas as coisas, mas acima de tudo sou palavreira de nascimento. Fiz desta cisma de palavras o meu ofício itinerante. A minha linguagem nos entretantos do tempo permanece primordialmente analógica. Daí o meu fascínio pela linguagem infantil, pela linguagem popular, pela linguagem dos poetas. Quando menina, lá no Peru, ficava na ponta dos pés para espiar do outro lado das montanhas. Agora, morando deste lado da fronteira, tento espiar o que acontece nos países vizinhos. Para dar conta desse amor continental escrevo dobrado:
de dia e de noite;
em verso e em prosa;
para adultos e para crianças;
no quente e no frio...
E claro, em português e também em espanhol.
Nilfra lucas

Nilfran Lucas

Mensagens : 11
Data de inscrição : 11/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Yan Kaliel em Ter Abr 09, 2013 8:17 am

Quando chove a cântaros

Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua.

Gloria Kirinus criou um poema encantador sobre a chuva. Se ela, por um lado, pode ser um tormento e gerar medo e um transtorno enorme, por outro, lava a alma, abençoa as plantações e faz brotar a esperança. Quando chove tanto assim, a terra quase se mistura com o céu, e o leitor fica sabendo, com a ajuda das inusitadas imagens criadas por Graça Lima, como astros, estrelas e asteróides mil se preparam para ver o espetáculo molhado.
Eles se divertem com a confusão provocada pela inundação na cidade e com as cenas mais descabidas: gente que dança de mil jeitos, que corre à procura de baldes, que pega copos e panelas para conter o canto das goteiras, carros boiando como barcos de papel...
E, em meio a toda essa confusão, essa chuva a cântaros vai despertando sentimentos escondidos, faz brotar verdades, transborda mais vontades de vida, de mudança, de criação e, como diz a autora, dá uma chance de, diante do novo, do inusitado, acomodar o olhar. "Uma nova situação pode ser caótica, mas o imprevisível e até mesmo o conflito podem se tornar um ato criativo".
Com apresentação em português e espanhol, Quando chove a cântaros é uma ótima oportunidade de os pequenos tomarem o primeiro contato com uma segunda língua. As ilustrações com ares de pintura primitivista encaixam-se com perfeição nesta produção de Glória e de Graça, que é uma aproximação de fronteiras, seja do lado cultural e lingüístico, seja de situações do cotidiano, do inusitado. "São mundos aparentemente distintos, mas que se unem numa mesma realidade latino-americana", acredita a autora.

eu achei muito interesante falar sobre a vida dela lol!

Yan Kaliel

Mensagens : 28
Data de inscrição : 11/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Mikaelly Chagas em Ter Abr 09, 2013 8:26 am

Em sua trajetória, tecida de fé e de coragem, de ousadia e determinação, a Paulinas Editora foi sempre fiel ao seu objetivo de colaborar na construção do Reino de Deus, partindo das necessidades, esperanças e desejos do nosso povo, sendo presença profética na sociedade e contribuindo para a inculturação da fé na realidade brasileira. I love you Twisted Evil king

Mikaelly Chagas

Mensagens : 6
Data de inscrição : 12/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

graça lima

Mensagem  Lorrana Vitória em Ter Abr 09, 2013 8:27 am

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1958. É formada em comunicação visual pela Escola de Belas-Artes (UFRJ) e mestra pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Trabalha com design gráfico desde 1985 e já ilustrou mais de 50 livros, aqui e no exterior, muitos deles premiados. É amiga e sócia de Roger Mello e Mariana Massarani, e lançou com eles o livro Vizinho, vizinha.

Lorrana Vitória

Mensagens : 8
Data de inscrição : 10/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Maysa Santos em Ter Abr 09, 2013 8:30 am

Graça Lima
Ilustrador | Autor

Indique É necessário estar logado para utilizar este recurso. Acompanhe
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1958. É formada em comunicação visual pela Escola de Belas-Artes (UFRJ) e mestra pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Trabalha com design gráfico desde 1985 e já ilustrou mais de 50 livros, aqui e no exterior, muitos deles premiados. É amiga e sócia de Roger Mello e Mariana Massarani, e lançou com eles o livro Vizinho, vizinha. maysa santos

Maysa Santos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 12/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

graça lima

Mensagem  virginia valentine em Ter Abr 09, 2013 8:32 am

Nasceu no Rio de Janeiro, em 1958. É formada em comunicação visual pela Escola de Belas-Artes (UFRJ) e mestra pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Trabalha com design gráfico desde 1985 e já ilustrou mais de 50 livros, aqui e no exterior, muitos deles premiados. É amiga e sócia de Roger Mello e Mariana Massarani, e lançou com eles o livro Vizinho, vizinha.

virginia

virginia valentine

Mensagens : 9
Data de inscrição : 25/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Fernanda Hemilly em Ter Abr 09, 2013 8:33 am

Maria Alexandre de Oliveira Voltar Autores


Maria Alexandre de Oliveira pertence à Congregação das Irmãs Paulinas. É doutora em Pedagogia da Comunicação, na área da Didáctica, pela Universidade de São Paulo (Brasil), mestra em Pedagogia da Comunicação, pela Faculdade de Educação da mesma Universidade, e pedagoga, com habilitação em Administração Escolar, Supervisão Escolar e Orientação Educacional. Tem uma especialização em «Acção cultural para crianças e jovens», pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo e ministra cursos na área da literatura para a infância para professores do Ensino Fundamental em todo o Brasil. Participou em diversos Congressos voltados para as áreas de Educação e Literatura, no Brasil e no estrangeiro.

Fernanda Hemilly

Mensagens : 14
Data de inscrição : 04/04/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Mikaelly Chagas em Ter Abr 09, 2013 8:34 am

Mikaelly Chagas escreveu:Em sua trajetória, tecida de fé e de coragem, de ousadia e determinação, a Paulinas Editora foi sempre fiel ao seu objetivo de colaborar na construção do Reino de Deus, partindo das necessidades, esperanças e desejos do nosso povo, sendo presença profética na sociedade e contribuindo para a inculturação da fé na realidade brasileira. I love you Twisted Evil king
ela brobrica livro regioso, de lientadura e de hestoria.

Mikaelly Chagas

Mensagens : 6
Data de inscrição : 12/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Maysa Santos em Ter Abr 09, 2013 8:36 am

Maysa Santos escreveu:Graça Lima
Ilustrador | Autor

Indique É necessário estar logado para utilizar este recurso. Acompanhe
Nasceu no Rio de Janeiro, em 1958. É formada em comunicação visual pela Escola de Belas-Artes (UFRJ) e mestra pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ). Trabalha com design gráfico desde 1985 e já ilustrou mais de 50 livros, aqui e no exterior, muitos deles premiados. É amiga e sócia de Roger Mello e Mariana Massarani, e lançou com eles o livro Vizinho, vizinha. maysa santos
, eu achei muito legal a leitura de graça lima e muito enteresate muito bom para descobri mais sobre a leitura agora eu sei como ela era qua era nova Smile lol!

Maysa Santos

Mensagens : 13
Data de inscrição : 12/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 10ª sessão quando chove a cântaros

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum